Carlos-barraza-logo-50

O que são a ética profissional e porque são importantes?

O que são ética profissional e porque são importantes
Escrito por

A ética profissional é importante porque dita aos profissionais uma série de regras relacionadas à forma como um profissional age em relação às pessoas com as quais se relaciona profissionalmente.

Do ponto de vista filosófico, a ética tem a ver com a moral e com a forma como as pessoas agem no sentido do bem ou do mal.

Neste artigo vou informá-lo sobre ética profissional, tipos de ética, características da ética profissional, princípios nos quais ela se baseia e as razões pelas quais a ética profissional é importante.

O que é a ética profissional?

Ética do trabalho

A ética profissional é constituída por todos os padrões morais que regem o comportamento e as ações dos profissionais. Deve-se observar que para cada profissão estas regras podem variar, mas sempre serão baseadas em princípios e valores.

É também pertinente conceptualizar um profissional, moral e ética.


Profissional
. Refere-se geralmente a um licenciado que tenha concluído um curso superior e que exerça a sua profissão com capacidade e aplicação.


Moral
. Este termo refere-se ao modo de agir de uma pessoa, em termos de sua vida social e individual, relacionando esta ação com o bem e o mal ou com o bem e a malícia.

Ética. Refere-se às normas morais sobre as quais se baseia a conduta de uma pessoa no ambiente em que se desenvolve; seja ela individual, social ou profissional, entre outras. A ética está dividida em três ramos ou tipos: metaética, normativa e aplicada.

A ética profissional é do tipo aplicado, onde as questões controversas são tratadas do ponto de vista da moralidade.

Porque é que a ética profissional é importante?

Colegas de trabalho que ouvem o seu colega

A ética profissional é importante porque serve para criar organizações baseadas em padrões morais de conduta.

Eis uma série de razões pelas quais a ética profissional é importante.

Características gerais da ética profissional

A ética profissional tem características gerais das quais outras mais específicas podem ser derivadas:

Está relacionado com a moralidade.

A ética profissional resulta do impulso de manter o desempenho humano em ordem e sob regras.

A ética profissional procura apoiar e melhorar o serviço prestado por um profissional.

Prossegue a rectidão moral das profissões.

A ética profissional procura assegurar que as profissões seguem os caminhos positivos estabelecidos em cada sociedade.

A ética profissional implica o cumprimento de valores.

Apresenta as virtudes com que os profissionais praticam.

Princípios de ética profissional

A ética profissional baseia-se nos princípios da beneficência, autonomia, não maleficência e justiça.

Princípio da beneficência.

O seu fundamento refere-se a bens e virtudes; e as acções do profissional são orientadas para manter um comportamento favorável para com a pessoa que solicita o serviço e para com a sociedade em geral.

Princípio da autonomia.

Está orientado no respeito pela liberdade, na busca do equilíbrio e da equidade como regra na relação entre o profissional e o cliente; para que não haja conflitos de interesses e muito menos éticos.

Princípio da não maleficência.

Baseia-se na omissão de qualquer acto que possa causar danos; o profissional é obrigado a não prejudicar de forma alguma as pessoas com quem lida.

Princípio da justiça.

Baseia-se no sentido social da profissão; prossegue o compromisso das profissões de procurar o bem comum, a vida digna e o estabelecimento da justiça e equidade.

Tipos de ética profissional

A ética profissional refere-se a princípios e critérios que regulam a actuação de um profissional; no entanto, existem vários tipos de ética profissional, cada um dos quais está relacionado com uma profissão. Os mais relevantes são os seguintes.

Código de Ética Profissional

Não existe um código de ética de tamanho único para profissionais, uma vez que os princípios éticos que orientam a conduta de um profissional irão variar dependendo do campo de prática do indivíduo.

Contudo, existem alguns princípios éticos gerais a que todos os profissionais devem aderir, tais como honestidade, integridade, e respeito pelos outros.

Além disso, os profissionais devem sempre colocar os interesses dos seus clientes ou pacientes em primeiro lugar e evitar quaisquer conflitos de interesses.

O quadro das normas éticas disciplinares deve ser estabelecido pela organização.

Será uma obrigação de seguir o código de conduta e de ética para os membros dessa profissão.

O objectivo de ter um código de ética é reduzir as dúvidas nos processos de tomada de decisão ética.

Além disso, independentemente da indústria, os profissionais têm de preservar a integridade e a reputação da empresa.

Com um código de ética, as organizações podem não assegurar totalmente que os empregados se comportem, mas este estabelece um comportamento ético mínimo que se espera que reduza ou elimine quaisquer queixas, fugas de informação confidencial ou questões éticas em que a imagem da empresa possa ser prejudicada.

Como desenvolver padrões éticos profissionais mais elevados?

Os profissionais podem aprender sobre os procedimentos éticos e como aplicá-los no seu trabalho.

Podem ser desenvolvidos padrões éticos profissionais mais elevados através da educação e formação.

Algumas formas de desenvolver a conduta profissional em normas éticas podem incluir a realização de cursos ou workshops sobre ética, a participação em conferências profissionais, ou a leitura de revistas profissionais.

Os indivíduos podem também procurar mentores, supervisores ou modelos que exemplifiquem as responsabilidades éticas com profissionalismo no seu local de trabalho.

Podem também receber orientação sobre como lidar com dilemas éticos e leis relevantes.

Além disso, as organizações podem criar uma cultura ética, estabelecendo expectativas claras para os empregados e fornecendo recursos para os ajudar a tomar decisões éticas.

Como a ética profissional afeta a tomada de decisões?

Quando confrontados com dilemas éticos, os profissionais têm a tarefa de considerar os princípios éticos para tomar decisões informadas que se alinhem aos valores morais e às obrigações profissionais. A tomada de decisões éticas envolve a avaliação das possíveis consequências das ações para as partes interessadas e para a sociedade como um todo.

O equilíbrio entre as obrigações profissionais e as considerações éticas exige que os indivíduos priorizem os padrões éticos e a integridade em seus processos de tomada de decisão. A resolução de conflitos de interesse e a manutenção da transparência são aspectos vitais da defesa da ética profissional.

A ética profissional influencia as escolhas que os indivíduos fazem em suas funções profissionais, enfatizando a importância do comportamento ético e da tomada de decisões responsáveis em todos os aspectos de seu trabalho.

Quais são alguns princípios éticos comuns em ambientes profissionais?

A confidencialidade é um princípio ético fundamental na prática profissional, destacando a importância de proteger informações confidenciais e respeitar a privacidade dos clientes. A manutenção da confidencialidade gera confiança e protege os interesses dos indivíduos que buscam serviços profissionais.

Espera-se que os profissionais busquem a excelência e mantenham a integridade profissional em todos os seus empreendimentos. Esse compromisso com a excelência envolve o aprendizado contínuo, a adesão a diretrizes éticas e a demonstração de um alto nível de competência em seus respectivos campos.

Defender a dignidade dos indivíduos é uma obrigação ética à qual os profissionais devem aderir. O respeito à autonomia e aos direitos dos clientes e colegas fomenta uma cultura de respeito mútuo e promove um ambiente de trabalho solidário e inclusivo.

Como lidar com os desafios éticos na prática profissional?

Estabelecer uma estrutura para a tomada de decisões éticas é essencial para que os profissionais enfrentem os desafios éticos com eficácia. Essa estrutura deve abranger princípios éticos, códigos de ética e diretrizes de conduta ética dentro da profissão.

Proceder com considerações éticas em todas as ações é fundamental para manter a integridade profissional e defender as responsabilidades éticas. Os profissionais devem estar atentos ao impacto de suas decisões sobre as partes interessadas e a sociedade, garantindo que suas ações estejam alinhadas aos padrões éticos.

Quando confrontados com dilemas éticos, os profissionais podem consultar as diretrizes estabelecidas e buscar orientação dos comitês relevantes de ética profissional. Para enfrentar os desafios éticos, você precisa de uma abordagem cuidadosa e deliberada que priorize os valores e princípios éticos.

Exemplos de cumprimento da ética profissional

Os empresários estão a reunir-se para trabalhar

O cumprimento da ética profissional é evidente quando:

Em conclusão, existe uma relação estreita entre a ética e a profissão, uma vez que os profissionais de todas as áreas devem agir sob o princípio de não fazer mal voluntariamente a outro ser humano e cumprir a ética contribuindo para o desenvolvimento colectivo e o bem-estar social.

Referências
Mais sobre Carreira Profissional.
Tabela de Conteúdos