Carlos-barraza-logo-50

O que é a elaboração de um orçamento? Etapas, tipos e melhores práticas

A elaboração do orçamento é o processo de criação de um plano de gestão dos recursos financeiros.

Normalmente, isto implica a definição de objectivos de receitas e despesas e, em seguida, o acompanhamento do desempenho efetivo do fluxo de caixa em relação a esses objectivos, a fim de efetuar os ajustamentos necessários.

What is Budgeting
Escrito por
Tabela de Conteúdos

Por que razão é importante elaborar um orçamento?

A elaboração do orçamento é o processo de criação de um plano de gestão dos recursos financeiros.

Envolve a previsão de receitas e despesas futuras e, em seguida, o acompanhamento do desempenho real em relação a esses objectivos, a fim de efetuar os ajustamentos necessários.

A orçamentação é importante por muitas razões, incluindo ajudar os indivíduos e as organizações a alcançarem a estabilidade financeira, facilitar a poupança para objectivos a longo prazo, controlar qualquer despesa excessiva e preparar-se para despesas inesperadas, bem como garantir que os recursos financeiros são atribuídos de forma eficiente.

O objetivo da orçamentação é, normalmente, alcançar a estabilidade financeira e/ou o crescimento ao longo do tempo. Também pode ser utilizado para ajudar indivíduos ou organizações a atingir objectivos financeiros específicos, como poupar para a reforma, comprar uma casa ou expandir um negócio.

Etapas do processo de elaboração do orçamento

Estabelecer objectivos de receitas e despesas: A primeira etapa da elaboração do orçamento consiste em estimar e registar as receitas e despesas futuras. Isto pode incluir tanto as despesas fixas (como o pagamento da renda ou da hipoteca) como as despesas variáveis (como as compras ou o entretenimento). Pode começar simplesmente por utilizar uma folha de cálculo ou o melhor software de finanças pessoais para o processo de planeamento.

Identificar as despesas fixas e variáveis: É importante determinar quais as despesas que são fixas e quais as que são variáveis. As despesas fixas são inevitáveis, como o pagamento da renda ou da hipoteca, enquanto as despesas variáveis podem ser ajustadas e reduzidas.

Criar um plano orçamental: Depois de conhecer os rendimentos e as despesas, pode ser criado um plano orçamental que atribuirá recursos a diferentes áreas de despesa e poupança.

Controlo do desempenho em relação ao orçamento: O plano orçamental deve ser acompanhado e monitorizado regularmente. Isto ajudará a identificar áreas em que as despesas são mais elevadas do que o previsto e a tomar medidas correctivas, se necessário, uma atividade crucial de gestão para os empresários.

Fazer os ajustamentos necessários: Se houver algum desvio em relação ao orçamento, podem ser feitos ajustamentos para que as despesas voltem a estar em conformidade com os objectivos. Isto pode implicar a redução das despesas ou o aumento dos rendimentos, ou uma combinação de ambos.

Tipos de elaboração do orçamento

A importância da previsão e do planeamento na elaboração do orçamento das empresas

A previsão e o planeamento são componentes essenciais de uma orçamentação empresarial bem sucedida.

Permite às empresas estimar com precisão as suas necessidades financeiras para o período seguinte e planear futuros investimentos e expansões.

A previsão ajuda as empresas a determinar quanto dinheiro deve ser afetado a várias áreas, tais como despesas, salários e investimentos de capital.

O planeamento permite às empresas antecipar potenciais obstáculos que possam surgir no futuro e tomar medidas proactivas para os gerir.

Isto pode ajudá-los a poupar tempo e dinheiro a longo prazo através de um melhor planeamento dos recursos.

Além disso, a previsão e o planeamento podem ajudar as empresas a identificar oportunidades de crescimento e de rentabilidade de que talvez não se tenham apercebido anteriormente.

Em suma, a previsão e o planeamento são ferramentas essenciais para uma orçamentação empresarial eficaz.

Melhores práticas para criar um orçamento e atingir objectivos financeiros

Dar prioridade às despesas: Uma das melhores práticas para a elaboração do orçamento consiste em estabelecer prioridades para as despesas. Isto significa determinar quais são as despesas mais importantes e afetar os recursos em conformidade. Isto pode ajudar a garantir que os recursos são direccionados para a realização de metas e objectivos-chave.

Poupar para despesas inesperadas: As despesas inesperadas podem afetar significativamente o orçamento. É importante reservar fundos para cobrir eventuais emergências, como despesas médicas, reparação de automóveis ou perda de emprego.

Rever e atualizar regularmente o orçamento: É importante rever e atualizar regularmente o orçamento para garantir que continua a ser relevante e exato. Isto pode ajudar a identificar áreas onde podem ser necessários ajustes e facilitar a realização dos objectivos financeiros.

Comunicar o orçamento com os parceiros financeiros: Se estiver numa relação ou a gerir uma empresa, é importante comunicar o orçamento com os parceiros financeiros. Isto pode ajudar a garantir que todos estão na mesma página e que os recursos são atribuídos de uma forma mutuamente benéfica.

Conclusão sobre a elaboração do orçamento

A elaboração de um orçamento é um instrumento essencial para alcançar a estabilidade e o crescimento financeiros. Pode ajudar os indivíduos e as organizações a atingir objectivos financeiros específicos e a garantir que os recursos são atribuídos de forma eficiente.

Mesmo que nunca tenha feito um orçamento, nunca é demasiado tarde para começar. A elaboração de um orçamento pode ajudá-lo a controlar as suas finanças e a atingir os seus objectivos financeiros.

Existem muitos recursos disponíveis para ajudar na elaboração do orçamento, tais como aplicações financeiras, livros e sítios Web. Pode ser útil encontrar uma que seja do seu agrado e utilizá-la para o ajudar a fazer um orçamento eficaz.

Mais sobre Planeamento Empresarial