Tecnologia na educação: um pilar fundamental do crescimento dos estudantes.

A tecnologia na Educação é o pilar fundamental do mundo inteiro, dela depende que as gerações futuras possam estar à altura dos grandes desafios que existem.
Escrito por

Este posto também está disponível em: English Español Deutsch Italiano Português Français Русский 日本語

A opinião de Carlos -
Tecnologia na Educação.

Num jantar de taco com um amigo que trabalha em uma faculdade, estávamos discutindo sobre toda a situação pandêmica e como ela acabou se tornando um motor da tecnologia.

Certamente, as situações externas poderiam ser fortes motores de mudança, e a tecnologia educacional não foi deixada para trás.

Como continuamos discutindo durante o jantar, ela me contou sua experiência sobre os jovens tendo muita experiência na criação de Tik Toks, Snapchats e Instastories, mas quando se tratava de tecnologia educacional, eles estavam atrasados.

Assim, as próximas gerações estão realmente sendo nativas do digital.

Conhecer as plataformas de mídia social não é com certeza um certificado de que as pessoas realmente sabem como usar a tecnologia.

Como a tecnologia continua melhorando, e se torna a principal ferramenta de colaboração e trabalho para as empresas, ela também deve ser ensinada adequadamente nas escolas.

A discussão atual se as universidades estão realmente ensinando corretamente o que as empresas estão exigindo mostra que provavelmente as universidades deveriam adotar o uso de tecnologias empresariais.

Em minha experiência, o principal e mais comum software que foi utilizado foi o Office.

Na universidade, todos nós usamos Word, PowerPoint e Excel.

Mas certamente, há empresas que exigem habilidades avançadas em Excel que na verdade os estudantes não conhecem.

Se começarmos a ir mais longe em sistemas mais avançados como ERPs, CRMs, POS e mais software de gerenciamento, então estes só são experimentados principalmente quando se trabalha em uma empresa.

E nas linguagens de desenvolvedores, então provavelmente não precisamos falar sobre Python, R, PHP e outras linguagens de programação que se tornarão mais difíceis para os não técnicos.

Então, que tecnologia deve ser ensinada pelo menos nas escolas?

Certamente, sou a favor de que as universidades deixem de ter demasiada teoria e comecem a desenvolver mais habilidades tecnológicas em qualquer tipo de carreira.

Pelo menos o tempo investido durante a faculdade ou universidade, não deve ser gasto para aprender enquanto já se tem um emprego ou um negócio.

A tecnologia na educação é mais do que apenas softwares de compartilhamento de arquivos, ela deve desenvolver a colaboração entre os colegas.

Qual é a relevância da tecnologia na educação de hoje?

A educação é o pilar fundamental do mundo inteiro, depende dela que as gerações futuras possam estar à altura dos grandes desafios que existem dia após dia.

Portanto, a verdade é que, além de serem duas coisas diferentes, elas têm que andar de mãos dadas.

Como um jovem pode estar preparado para enfrentar a realidade de uma profissão se a tecnologia não é a base da educação?

Ele ou ela simplesmente nunca será capaz de fazer um trabalho eficaz se a tecnologia não estiver entrelaçada com a educação atual.

O mundo, como o conhecemos, é representado pela inovação.

A cada dia novas teorias são formuladas, descobertas médicas são feitas, novos artefatos são criados.

Estamos tão envolvidos com a tecnologia quanto com o ar que respiramos.

Sem perceber, isto representa um ponto crucial que dá equilíbrio a nossas vidas.

Daí a necessidade de entender que, como seres vivos, estamos ligados ao mundo de hoje de maneiras que não podemos explicar.

Precisamos acompanhar as grandes tendências tecnológicas do momento para aumentar nosso conhecimento e no futuro ter maiores oportunidades no desempenho do trabalho.

Como a tecnologia tem mudado a educação?

Alguns anos atrás a tecnologia em áreas educacionais como escolas, colégios e universidades era excessivamente escassa, na verdade era considerada como uma constante distração para os estudantes, chegando ao ponto de eliminar seu uso como um recurso de trabalho para estudantes em instituições educacionais.

Isto realmente causa uma ruptura entre a educação e a realidade do trabalho.

Fazer com que os jovens sem qualquer experiência em programas estivessem diante de um monitor em seus primeiros dias úteis, porque estavam acostumados a realizar esses procedimentos manualmente.

Algo que não só os levaria mais tempo, mas também representaria a presença do desânimo que leva a duas coisas: a primeira, a dedicação do tempo de estudo no aprendizado desses programas e a segunda, a ruptura emocional causada pela falta de conhecimento que levaria o profissional ao fracasso do trabalho e ao abandono de sua profissão.

Isto começou a ser notado cada vez mais pelas escolas, escolas secundárias e universidades.

Permitindo-lhes começar em pequena escala para considerar a necessidade da era digital nas escolas.

Chegando hoje ao ponto de se tornar uma exigência iminente causada pela atual pandemia.

Uma reviravolta drástica criando que em apenas alguns anos e até meses a tecnologia na educação é o pilar que permite às instituições alcançar todos os cantos do mundo.

Passando de algo que não era considerado, a ser o motor que permite o crescimento dos estudantes para continuar a funcionar.

Por que a tecnologia é importante na educação?

A integração tecnológica tem tido um impacto transcendental na educação.

Os estudantes têm estado envolvidos em uma onda de programas, tornando-os especialistas em ferramentas tecnológicas.

Mesmo com um desempenho superior ao dos mais velhos.

As novas gerações têm uma facilidade em sua natureza para compreender o funcionamento do mesmo com uma capacidade extraordinária.

E não é segredo que as empresas, corporações, entidades públicas e privadas investem milhões de dólares anualmente em dispositivos high-end para garantir a seus funcionários maior conforto e satisfação no trabalho.

Sendo este o caso atual, além de sua importância, a tecnologia na educação é um requisito essencial para ter uma melhor chance de emergir como profissional.

Os pontos-chave que são destacados na trajetória da tecnologia como um uso vital na educação são os seguintes:

Acesso a material moderno.

Todos nós conhecemos o tempo em que as pessoas dependiam de bibliotecas nas escolas, escolas secundárias, universidades e até mesmo nas cidades para ter acesso a materiais de aprendizagem.

Embora na época fosse a maneira ideal de adquirir conhecimento, não garantia informações relevantes que permitissem a um estudante ter uma compreensão global de um assunto.

Graças à tecnologia na educação, os estudantes com apenas um clique de botão podem ter trabalhos à sua disposição em apenas alguns segundos, incluindo estudos das melhores universidades do mundo.

Vídeos explicativos com exemplos para crianças, adolescentes ou adultos, permitindo-lhes compreender com mais precisão o assunto de estudo.

Isto permite ao estudante desenvolver exponencialmente seus critérios pessoais graças ao fato de que ele será capaz de entender com fatos a razão das coisas.

Transformar os estudantes em conhecedores da cultura mundial.

Apoio à produtividade.

Voltando mais uma vez ao exemplo da biblioteca, quantas horas uma pessoa levou para obter apenas a definição de um tópico?

Bem, a resposta é simples, muitas horas, até mesmo para desenvolver um tema em geral levou dias ou até meses para ler todos os livros e obter aqueles textos que estavam relacionados com a pesquisa.

Hoje os jovens podem usar aplicativos para pesquisar dentro de um livro eletrônico ou PDF a palavra de que precisam, isto faz com que o tempo seja muito reduzido e você pode gastar mais horas para ler o conteúdo que será de benefício para o projeto.

Professores com melhores habilidades de ensino.

Ser professor é uma grande responsabilidade, pois o conhecimento que uma criança pode ter mesmo na infância depende deles.

Eles representam um guia significativo no desenvolvimento de seus alunos.

A tecnologia tem dado aos professores a oportunidade de ter diferentes formas de apresentar uma classe, permitindo-lhes adaptar os tópicos aos alunos que têm dificuldade de entender um determinado curso.

Estimular uma educação que terá um impacto inimaginável na vida dos membros de sua classe.

Todo professor que se esforça para dar aulas adaptáveis às inovações do momento, está dando uma base de desenvolvimento pessoal a seus alunos e forjando profissionais de sucesso.

Quais são alguns dos problemas enfrentados pelas instituições educacionais para a adoção de tecnologias?

Como em tudo, há sempre problemas que não permitem a todos desfrutar dos verdadeiros benefícios de uma educação ligada à tecnologia.

E o fato é que estes avanços não estão focados apenas em dispositivos eletrônicos, mas também em redes sociais, motores de busca e até mesmo em novas teorias que podem ajudar a salvar vidas.

É por isso que os recursos modernos significam que a vida como a conhecemos é conduzida por tais avanços.

Entre os problemas mais comuns que impedem o surgimento dos mesmos estão os seguintes:

Nem todos têm acesso à tecnologia.

Acontece que, para fornecer uma educação centrada na tecnologia, as instituições devem ter o mesmo porque, caso contrário, isso não poderia ser realizado.

Isto representa um grande problema, já que a digitalização se torna um luxo porque nem todos podem pagar o preço para tê-la.

Embora estejamos no século XXI, muitas cidades, vilas e mesmo países estão longe dos benefícios que poderiam significar ter a tecnologia como implementação nas escolas e universidades.

Criando que somente uma porcentagem pode desfrutar destas maravilhosas vantagens.

Embora se deva notar que cada vez mais esta lacuna está se abrindo, fazendo com que mais pessoas possam optar por dispositivos.

Dificuldade de adaptação às mudanças.

A grande maioria dos professores vem de um ensino baseado na educação tradicional, em suma, o inimigo de toda inovação, criando que há professores que não querem optar pela era digital porque o caminho tradicional tem dado resultados ao longo dos anos.

Este é o grande erro que impede o crescimento dos alunos, embora muitos professores, professores ou professores se esforcem para criar projetos educacionais ligados ao digital.

Por outro lado, há muitos que se recusam a se beneficiar e a sua classe da importância da adaptação ao mundo atual.

Embora possa parecer inofensivo continuar ensinando com este modelo, em poucas palavras, ele impede que os alunos progridam e aumentem seu julgamento em uma sala de aula a ser implementada em sua profissão.

Quando não nos adaptamos, somos pessoas incapazes de aceitar a realidade.

A era digital marcou nossa história e continuará a fazê-lo dia após dia, o mundo está avançando e muito rápido, e se não crescermos juntos com ele, as chances de sucesso serão realmente escassas.

Exemplos de plataformas tecnológicas na educação.

Existem muitas ferramentas que alguns anos atrás foram implementadas pelos estudantes para facilitar seus projetos educacionais, como documentos do Microsoft Office, mas graças aos avanços tecnológicos aumentaram os programas educacionais digitais que permitem que o estudante tenha uma educação mais completa e estruturada.

Estes vêm diretamente focados para permitir a facilidade não só para o aluno, mas também para o professor, evoluindo a forma de direção que a educação poderia ter.

Embora muitos aspectos tenham mudado devido à recente situação de saúde no mundo causada pela pandemia; no entanto, isto motivou exponencialmente o uso de tecnologias como método educacional para proteger os estudantes da doença causada pelo coronavírus.

Um boom significativo e também demonstrando que é possível viver na era digital na sala de aula.

Entre as plataformas mais destacadas que permitem ao usuário um desempenho mais completo, temos as seguintes:

Google Classroom.

Sendo uma plataforma google, ganhou muito alcance nos últimos meses devido à busca de ferramentas que lhe permitem dar uma educação completa online. Mas Sala de aula é mais do que isso porque você pode usá-la de suas aulas presenciais para aulas on-line, tornando-o um método misto.

A sala de aula é muito completa porque permite fazer trabalhos, exames e até mesmo agendar reuniões e conduzi-las virtualmente. Além disso, um dos benefícios mais relevantes é que ele é adaptável a qualquer dispositivo, dando aos estudantes a liberdade de completar seu trabalho tanto de um telefone, tablet ou computador.

Algo que realmente beneficia a comunidade estudantil em geral, é que é um sistema totalmente gratuito. Permitir que instituições como os estudantes tenham acesso a ele, simplesmente abrindo uma conta de gmail.

Zoom.

É uma plataforma de videoconferência e reunião virtual que pode ser utilizada a partir de qualquer sistema operacional, seja de linux, windows, mac, android e iOS.

Tem diferentes opções que o posicionaram como uma ajuda ideal no processo educacional das instituições. Entre os mais destacados está o número de pessoas que podem participar de uma reunião, até 200 usuários.

Além disso, permite separá-los em grupos para que eles possam ter uma interação mais pessoal se a classe o exigir. Também tem funções como o compartilhamento de tela para ajudar o professor a mostrar materiais didáticos que podem ser úteis para a classe.

Finalmente, e muito importante, permite a gravação em tela, ou seja, se um aluno não puder estar na reunião, o professor pode gravá-la e depois enviar o vídeo ao aluno para que ele possa ter acesso às mesmas informações que seus colegas de classe.

Uma desvantagem comparada à sala de aula é que ela não é completamente livre. Para optar por todas as características e horas ilimitadas de videoconferência, um pacote deve ser adquirido na plataforma zoom.

Microsoft Teams.

Microsoft Teams se tornaram uma importante ferramenta de colaboração não apenas nas empresas, mas também na escola.

Esta ferramenta tem ajudado nos processos de criação e compartilhamento de arquivos.

Os cursos remotos podem ser dados através de sua plataforma de vídeo, onde as pessoas podem ter fácil acesso a eles.

AsMicrosoft Teams para a Educação permitem apontar para um ambiente de classe normal.

Esta ferramenta, definitivamente seria um software que os estudantes poderiam usar em um ambiente de trabalho.

A tecnologia é a base da educação.

A era digital é a base da educação de hoje devido às mudanças causadas pela situação pandêmica.

Mas, além disso, permanecerá como um pilar fundamental para instruir os alunos da melhor maneira possível.

Isto nos permitirá realmente ter profissionais treinados e experientes no futuro, ajudando-os no desempenho de seu trabalho e, ao mesmo tempo, vê-lo refletido no sucesso que eles podem alcançar.

A adaptação à tecnologia é uma forma de aumentar nosso crescimento pessoal e, ao mesmo tempo, garantir mais oportunidades no futuro.

Tecnologia na educação

Tabela de Conteúdos

Mais sobre Carreira Profissional.