Carlos-barraza-logo-50

Como escrever um plano de negócios?

Cada dia há mais e mais empresários que decidem se tornar independentes e realizar seus projetos; no entanto, ter uma idéia brilhante é algo muito diferente de realizá-la e, para que este sonho se torne realidade, é necessário planejar e escrever um plano de negócios.

Como escrever um plano de negócios
Escrito por

Este posto também está disponível em: Português English Español Deutsch Italiano Français Русский 日本語

Tabela de Conteúdos

O que é um plano de negócios?

Trata-se de capturar de forma física e estruturada todas as idéias que você tem em mente para seu empreendimento.

Basicamente, é uma descrição detalhada do que você considera seu negócio ideal de uma maneira realista, dinâmica e clara.

Para escrever um plano de negócios, é essencial considerar que não basta escrever suas idéias, mas é preciso também determinar os objetivos a serem alcançados, a forma de fazê-lo e o prazo em que se pretende atingi-los.

Outra maneira de considerá-lo é como um mapa a seguir para consolidar seus negócios, com o qual você poderá empreender de forma ordenada, planejada, lógica e capaz de enfrentar as eventualidades que possam surgir.

Não existe uma maneira única e exclusiva de desenvolver um plano de negócios, para que ele possa ser adaptado às suas necessidades, o essencial é que ele atenda a certos critérios-chave, como ter objetivos ou metas, os passos para alcançá-los e o período de tempo em que se pretende atingi-los.

Embora não haja um formato rígido para elaborá-lo, você pode escrever um plano de negócios baseado nos modelos existentes na Internet, eles são numerosos, variados e editáveis, o que facilitará muito esta tarefa.

Considere que um plano de negócios é uma ferramenta que pode ser o ponto de partida ideal para você e sua empresa, desde que seja feito da maneira correta.

Este plano de negócios não é estático, ele pode ser modificado quando o empreendimento o requer, mas a idéia é mantê-lo o máximo possível e não modificá-lo constantemente ou de forma caprichosa.

Finalmente, é possível considerar o plano de negócios como um documento formal que marca o início de qualquer empreendimento, grande ou pequeno.

Plano de negócios
Executivo negro explica plano de negócios

Qual é a importância de um plano de negócios?

Com base no acima exposto, é válido afirmar que escrever um plano de negócios é essencial para iniciar qualquer empreendimento, uma vez que fornece uma imagem mais clara e concreta da essência da empresa e de sua direção.

Sua importância está centrada no fato de que permite transformar idéias simples em um plano elaborado, como um caminho a seguir, orientando assim qualquer empresa.

O plano de negócios estabelece um ponto de partida claro para os empresários, poupando-lhes as dores de cabeça e as digressões que podem surgir na presença de um grande número de idéias inacabadas.

No início, qualquer empresário pode ficar sobrecarregado por não saber como começar e lançar seu negócio, e é aí que o desenvolvimento de um plano se torna mais do que uma alternativa, torna-se uma necessidade.

Posteriormente, ter um plano de negócios permite avaliar os resultados após a implementação das estratégias comerciais, analisando seu grau de eficácia e determinando se há necessidade de modificá-los ou mantê-los.

Também permite estabelecer a realização dos objetivos em um determinado período de tempo e alocar recursos de forma otimizada. Em geral, oferece uma imagem mais clara da realidade da empresa, que é de suma importância em qualquer negócio, grande ou pequeno.

Além disso, é necessário quando o empresário requer financiamento ou empréstimo, uma vez que é necessário como parte dos requisitos para a concessão desses recursos econômicos.

Benefícios de escrever um plano de negócios

Ter um plano de negócios permite que uma empresa seja eficientemente dirigida e que o resultado seja o mais semelhante possível à ideia original concebida. Além disso, vale a pena mencionar os seguintes benefícios:

Brainstorming para criar um bom plano de negócios

Quem deve realizá-lo?

Qualquer empresário que deseje realizar um negócio formal com a intenção de torná-lo bem sucedido e, naturalmente, lucrativo.

Na realidade, a preparação formal deste plano não precisa necessariamente ser realizada pelo próprio empreendedor, embora seja sempre necessário participar ativamente do processo.

Se o empresário não estiver claro sobre como escrever um plano de negócios, ele pode recorrer à ajuda de um profissional que será capaz de dar expressão ordenada a suas idéias, objetivos, metas e outros detalhes.

No entanto, pode ser mais conveniente para você desenvolver o plano de negócios sozinho e fazê-lo com um método de tentativa e erro. Afinal, ninguém conhece as tuas ideias melhor do que tu.

A ideia é obter conselhos e conhecer os detalhes antes de escrever o seu plano de negócios, para que, quando chegar a altura, seja mais fácil para si.

Finalmente, é claro que qualquer pessoa que deseje realizar um empreendimento comercial deve fazer este plano, especialmente aqueles que desejam solicitar financiamento ou empréstimos em bancos, uma vez que é considerado como parte dos requisitos.

Elementos de um plano de negócios

Existem certos elementos-chave que compõem qualquer plano de negócios, estes são de extrema importância para que seja executado adequadamente e implementado eficazmente.

Uma vez que você esteja ciente de todos os elementos que compõem um plano de negócios, será o momento perfeito para escrevê-lo.

Passos para escrevê-lo

Qualquer processo formal requer uma metodologia de trabalho e a elaboração de um plano de negócios não é exceção. Portanto, é necessário levar em conta a implementação de certas etapas.

Brainstorming, onde você tenta escrever no papel tudo o que você considera sobre a empresa que você quer ter ou o empreendimento que você quer realizar.

Neste ponto não é necessária nenhuma ordem específica, é apenas uma questão de elaborar um esboço tangível de suas idéias.

Prepare um primeiro rascunho no qual você inclua todos os aspectos dos passos seguintes. Não tenha medo de cometer erros, lembre-se que é um teste e então você será capaz de fazer o teste final.

Estabeleça as actividades inerentes ao seu negócio, a que se dedicará o seu empreendimento.

Determine o estado atual do seu negócio, se é apenas uma idéia, conceito, os primeiros passos ou outros.

Embora o ideal seja elaborar o plano de negócios no início, nunca é tarde demais para fazê-lo se você ainda não o tem.

Determine os aspectos salientes do mercado externo, tais como a concorrência e a posição que deseja alcançar com a sua empresa dentro dele.

Estabelecer os objetivos claros da empresa, para o período de tempo determinado no plano.

Descrever as estratégias que serão utilizadas para alcançar os objectivos declarados.
Identificar e descrever as possíveis eventualidades, riscos e oportunidades que existem dentro de sua empresa.

Determinar as alternativas a serem implementadas caso surjam os problemas, riscos ou eventualidades potenciais identificados.

Elaborar uma projeção financeira na qual são determinados os custos de investimento, rentabilidade, renda, distribuição de recursos econômicos e muito mais.

Avalie o rascunho, corrija o que considerar necessário e escreva um plano de negócios formal ou definitivo.

Realizar os procedimentos necessários, por exemplo, para o financiamento, será necessário documentar com determinação o plano de negócios.

Aplique seu plano de negócios, aderindo a ele o máximo possível e modificando-o somente quando necessário ou quando o prazo estabelecido para sua implementação tiver expirado.

Dicas valiosas para a elaboração de um plano de negócios

Ao escrever um plano de negócios, é essencial considerar alguns aspectos chave que podem ser muito úteis.

Elabore o seu plano de negócios priorizando os objetivos, para que você possa alcançar os mais importantes primeiro.

Por exemplo, você deve certificar-se de dar à empresa uma presença virtual antes de implementar estratégias de marketing digital.

A idéia é que você possa colocar-se no lugar de seus clientes ou investidores e formular as possíveis perguntas que você responderá através do planejamento.

Tente ser o mais claro possível, a idéia é criar um plano de negócios que seja visualizado de forma concreta, sem deixar aspectos vazios, inacabados ou para a imaginação; já que, além de gerar confusão, pode se prestar a interpretações errôneas e eventualmente se tornar um fracasso.

Quanto mais claro for, melhor, use termos que dêem precisão ao seu plano.

Seja breve, lembre-se que menos é mais, não é muito útil escrever um plano de negócios de 100 páginas se ninguém o vai ler, incluindo você mesmo.

Geralmente, as mais longas podem levar até 30 páginas e tendem a ser extremamente detalhadas, portanto, ser breve, conciso e preciso será o melhor quando se escreve um plano de negócios eficaz.

Você pode incluir detalhes sem exagerar e evitando excesso de informação desnecessária que não agrega valor ao plano de negócios.

Estruture o seu plano de negócios corretamente, lembre-se que deve ser fácil de ler e fácil de encontrar os aspectos particulares que você está procurando.

Neste sentido, é aconselhável elaborá-lo tomando como exemplo a estrutura que descrevemos nos passos anteriores, delimitando claramente os pontos e respeitando o conteúdo inerente de cada um.

A idéia é que o texto seja de fácil leitura e, para isso, deve ser escrito de forma coerente e congruente, para que possa ser compreendido sem muito esforço.

Preparar um documento com uma apresentação formal, sem rasuras, emendas ou rasuras, dentro das margens, de preferência impresso e com a estrutura mais ordenada possível.

A apresentação é de suma importância, fala da imagem de sua empresa desde o início e a idéia é transmitir um aspecto impecável, muito mais quando é necessário realizar um procedimento perante entidades financeiras ou similares.

Finalmente, é essencial mencionar que escrever um plano de negócios é uma necessidade para qualquer empreendedor que esteja considerando a possibilidade de materializar sua empresa ideal.

Nenhum navio ou avião embarca em uma viagem sem rumo; todos têm um plano ao qual aderem para chegar ao seu destino com segurança, integridade e sucesso; o mesmo se aplica ao seu negócio.

Mais sobre Planejamento de Negócios.